Carl Gustav Jung

Carl Gustav Jung

A Psicologia Analítica ou Psicologia Complexa é um ramo de conhecimento e prática da Psicologia, sendo o seu fundador, o psiquiatra suíço – Carl Gustav Jung (1875-1961).

Jung estudou a Psicanálise com Freud, mas com o decorrer dos seus estudos e avanços próprios, acabou por romper com Freud e a Psicanálise. Segundo relata no documentário Questão do Coração, o ponto principal do rompimento foi a apresentação do conceito do inconsciente coletivoFreud não conseguiu admitir ou permitir que as suas ideias se misturassem com as ideias propostas pelo seu estimado colaborador.

O inconsciente coletivo seria uma das camadas mais profundas da psique. Ele é constituído por materiais que foram herdados através das gerações, que seriam comuns a todos os indivíduos. A análise e suas técnicas (análise dos sonhos, caixa de areia, imaginação ativa e o método de associação de palavras) são alguns exemplos de como o inconsciente se comunica com o consciente, trazendo à tona conteúdos antes desconhecidos pelo sujeito na sua busca de consciência e individuação, tendo como objetivo principal integrar os vários aspectos da personalidade do sujeito numa totalidade conhecida como Self.

A produção literária de Jung é grande e variada. Muitos dos termos e conceitos criados por ele, fazem parte da nossa maneira e tentativa de dialogar com o inconsciente. Personalidade extrovertida e introvertida, arquétipos, anima (feminino) e animus (masculino), complexo e inconsciente coletivo são alguns dos conceitos trabalhados pelo autor. Muito generoso, era a favor da criação do conhecimento profundo, servindo de fonte de inspiração e base sólida para inúmeros colegas que ampliaram e até criaram novos conceitos.