Espiritualidade

A Função Terapêutica da Espiritualidade

As religiões de modo geral, segundo Jung, são sistemas psicoterapêuticos que fornecem meios que possibilitam a integração da consciência com o inconsciente, a atualização das potencialidades anímicas e a harmonia interior. Ou, pelo menos, proporcionam a catarse, a descarga das tensões acumuladas, o extravasamento de necessidades psíquicas. Senão a cura das feridas da alma e suas somatizações pelo menos o alívio das dores e dos sofrimentos.

A eficácia de cada sistema religioso é semelhante à cada teoria psicológica. Depende da conexão entre o pressuposto psicológico da religião, suas crenças e seus ritos, e o pressuposto e a disposição psicológica da pessoa no momento.